sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Como apagar o fogo em panela quente.

Hoje eu recebi um e-mail da minha afilhada/madrinha Mônica, mostrando como apagar o fogo daquela panela, ou frigideira com óleo quente, e resolvi postar aqui no blog porque acho fundamental aprender a lidar com essas situações - até mesmo porque eu já quase pus fogo aqui em casa.

Leiam e vejam o vídeo:

Se esquecer no fogo a panela ou frigideira com óleo, e o fogo tomar conta, NÃO ENTRE EM PÂNICO. Siga as instruções abaixo:

1. DESLIGUE O FOGO.
2. MOLHE um pano e torça-o, retirando o excesso de água, para que NÃO PINGUE.
3. Coloque o pano sobre a panela/frigideira e espere até que esfrie totalmente (não saia mais vapor).
4. NUNCA TENTE MOVER A PANELA ou FRIGIDEIRA5. NUNCA JOGUE ÁGUA - NUNCA JOGUE ÁGUA - NUNCA JOGUE ÁGUA - NUNCA JOGUE ÁGUA, pois os respingos carregarão o fogo consigo e os efeitos serão devastadores.

Veja o vídeo:

video


Compartilhe essas informações com as pessoas que você ama, porque fogo é muito perigoso!

Caipi manjericão e pimenta rosa

Se você quiser uma bebidinha diferente para esse findi, vai por mim que a "caipi manjericão com pimenta rosa" é o que há!!!



É muito simples: Em uma coqueteleira coloque algumas folhas de manjericão fresco, um punhado de pimenta rosa e dê uma macerada. Em seguisa acrescente uma dose de vodca, delo e dê aquela chacoalhada! Por fim, é hora de adoçar e degustar essa delícia.

As medidas de manjericão e pimenta rosa são por sua conta. Eu sugiro que você coloque menos e vá reforçando o sabor até ficar do seu gosto. No mais, aproveite essa bebida que é muito refrescante.

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Mousse para todos os dias...


Procurando uma sobremesa rápida e saborosa? Então se jogue nas "Mousses de fruta".

A minha receita é muito simples: Prepare um sachê de gelatina incolor conforme as instruções da embalagem. No liquidificador, bata a gelatina, 01 caixa de creme de leite, 01 caixa de leite condensado e 400g de polpa de fruta (dessas que compramos congeladas no supermercado). Depois é só colocar nas forminhas onde você vai servir e levar para gelar.
Na mousse abaixo eu fiz meia receita (mantive um sachê de gelatina incolor) e usei polpa de acerola. Ficou perfeito, pois o azedinho da fruta foi quebrado pelo leite condensado.
Mousse de acerola

Você pode usar o sabor que quiser: Morango, abacaxi, pitanga... Se você for mais paciente do que eu, congele a própria fruta, mas acho que a polpa pronta tá aí para ser usada. rs...
Minha sugestão é que você sempre tenha polpas de sabores variados no seu congelador. Aí, além de fazer sucos deliciosos, você pode ir variando nos sabores das mousses.

(Como você pode conferir, aqui em casa não falta nunca.)

Eu comprei vários sabores diferentes, como umbu, cupuaçu, etc. Assim que eu experimentar conto o resultado para vocês. Então se joguem!!!

Bjs!!!

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Larica total

Gente, alguém já assistiu o programa "Larica total" que passa no canal Brasil (Globosat, canal 66)?

É simplesmente fantástico!!! O apresentador Paulo Tiefenthaler é dos neguinhos mais hilários que existem. Ele usa todo o seu humor para fazer uma sátira aos programas de culinária convencionais, mas apresenta algumas receitas simples e saborosas.

O programa vai ao ar todas as sextas, à meia-noite e meia, com reprises por toda a programação. Você também encontra no youtube e no site do programa www.laricatotal.com.br.

Fica aí a dica: Se você quer se divertir, Larica Total!

Nêga maluca, nêga maluca...

Eu tava procurando uma desculpa para estrear minha fôrma de coração, mas não arrumei nenhuma... mas fiz um bolo mesmo assim: o famoso “Nêga maluca”. Gente: TUDIBOM!!!


Fiz assim:

1. Enquanto você pré-aquece o forno a 180º, bata 01 xícara de chá de farinha (peneirada sempre, gatas!), ½ xícara de chá de chocolate em pó, ½ xícara de açúcar, ½ xícara de óleo, ½ xícara de água fervente e 02 ovos.
Assim que formar um creme beeeem homogêneo, desligue a batedeira e acrescente ½ colher de chá de fermento em pó e misture manualmente.

2. Unte a fôrma daquele jeito mais perfeito e leve a massa para assar por mais ou menos 30 minutos (ou até que passe no teste do palito).

3. Quando o bolo estiver quase pronto (tipo faltando uns cinco minutinhos para sair do forno), prepare a calda. Eu fiz assim: 01 colher de chá de manteiga, ½ caixinha de leite condensado, 02 colheres de chá caprichadas de chocolate em pó, 02 colheres de chá de açúcar e meia caixinha de creme de leite para a calda ficar mais ralinha.
4. O pulo do gato é o seguinte: desenforme o bolo ainda quente e faça vários furinhos com o garfo. Aí regue com um pouco de calda e espere o bolo absorver para jorgar mais. Tome cuidado para jogar em todos os cantinhos do bolo. O resultado é um bolo macio e muito molhadinho!

De novo: TUDIDOM!!!

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Para comer sem culpa...

Tomatinhos sweet grape + cream cheese light + manjericão

* Em homenagem à Amanda: amiga, desde que comi na sua casa não tenho mais sossego.

Torta holandesa de sorvete



Essa torta é perfeita para aqueles dias quentes, em que tudo que precisamos é de algo que nos refresque. Ela é simples assim:

1. Para a massa da base bata um pacote de biscoito leite e mel no liquidificador até obter um pó fininho, acrescente 100g de manteiga em temperatura ambiente, e misture até obter uma massa homogênea. Reserve.

2. Unte suavemente uma fôrma de fundo removível, coloque um pacote de biscoito Calipso por toda a lateral e forre o fundo com a massa.

3. Para o recheio, bata uma caixa de creme de leite, 03 colheres de açúcar e meio pote de sorvete - eu usei creme, mas você deve usar o que preferir - na batedeira e coloque sobre a massa. Cobra e leve para gelar por 12 horas.

4. Para a cobertura, derreta um tablete de chocolate (eu usei metade 1/2 amargo e metade chocolate ao leite, acrescente uma caixa de creme de leite e misture até formar uma espécie de ganache. Espere esfriar e cubra a superfície da torta.

Nota 1000!

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Azeites aromatizados

Então, acho que quase todo mundo conhece a minha paixão por azeite. Amo azeite de todas as formas, e aqui na maison NUNCA falta.

A paixão pelos azeites aromatizados começou com a minha mãe, que faz o melhor azeite de alho e louro que eu conheço. Isso é indiscutível. Já provei outros desse sabor, mas minha mãe SEMPRE ganha!!!

Mas essa paixão virou loucura, então comecei a pesquisar novos sabores e descobri que o céu é o limite. Você faz com o que quiser e com os sabores que mais gostar.

Eu comecei com o de canela, o de pimenta calabreza e o de pimenta rosa.


Para os testes, comprei esses vidros no Mercado Central. Comprei vidros menores exatamente porque era um teste. O que ficar bom vai para vidros maiores. A fórmula é simples: bom gosto + bom senso. Coloque os temperos no vidro, cubra com o azeite e deixe curtir por uma semana.

Hoje, aproveitei as visitas do marido para testar os azeites, servi com torradas e pão de queijo, e o resultado foi o seguinte:
Canela :: Foi o meu preferido, mas não é tão fácil de usar. Imagino que deva ser perfeito para comes adocicados.

Pimenta calabreza :: Foi o preferido da nação masculina. Combina com tudo e ficou muito saboroso.

Pimenta rosa :: O sabor é muito sofisticado e acho que fica melhor com alimentos leves.

Quando for receber visitas, ofereça uma degustação de azeite: é chiquérrimo!

Então fica assim, libere sua criatividade e desenvolva seu paladar com essas delícias.

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Quando meu marido vai para a cozinha...

...sai o melhor filé acebolado que alguém pode comer.

Para acompanhar eu providenciei abobrinhas grelhadas com molho de mostarda e gengibre. E, claro, uma cervejinha MEGA gelada.

Talharim à parisiense: a minha versão maravilhosa!


Gente, sem modéstia, essa massa ficou um espetáculo! Além de ser muito fácil de fazer, o "Talharim à parisiense" é uma massa leve, perfeita para esses dias de calor que estamos vivendo.
Para fazer começamos pelo molho branco: Enquanto coloquei duas colheres de manteiga para derreter, processei uma cebola média, dois dentes de alho e um fio de azeite. Em seguida levei esse purê para dourar na manteiga e acrescentei uma dose de vodca - isso mesmo - para o purê cozinhar.
Muito importante: Separe duas colheres desse purê, pois você vai precisar daqui há pouco.
Em seguida, acrescentei 02 colheres de sopa de farinha de trigo e deixei dourar. Aí é hora de acrescentar, aos poucos, 500ml de leite. Enquanto acrescenta o leite, vá mexendo bem para não empelotar. Cozinhe até engrossar e acerte o tempero (eu coloquei caldo de carne e uma pitada de noz moscada). Acrescente uma caixa de creme de leite e reserve.
Agora é hora de colocar as duas colheres do purê de cebola - que você fez no início - em uma panela, e acrescentar o champignon fatiado (eu usei 100gr), em seguida acrescente uma lata de ervilha (você também pode usar ervilhas congeladas ou frescas, como preferir) e, por último, acrescente 250gr de peito de peru defumado, cortado em tiras, até dourar.
Um adendo sobre o peito de peru defumado: algumas pessoas usam frango desfiado nessa receita. Eu sou contra, mas se você insistir, procure usar peito de frango defumado. Os defumados - sem exceção - são muito mais saborosos.
Assim que o peito de peru ficar douradinho, agregue-o ao molho branco e aproveite para dar mais uma conferida no tempero.
Agora é só usar esse molho para cobrir a sua massa preferida. Essa receita, tradicionalmente, é feita com talharim, e eu aproveitei para usar massa fresca de ótima qualidade.
Preparem-se para malhar muito, pois garanto que vocês não comerão só um tantinho...
Bjs!!

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Torta de legumes


Eu adaptei essa receita do blog Temperos e Artes, que é um blog muito fofo.

É uma torta muito leve e saborosa. Particularmente, acho que só a torta é suficiente e não precisa de acompanhamentos. Mas se você achar necessário, sirva com um filé de frango ou outra coisa suave para não sabotar o clima leve da refeição.

O preparo é simples assim:

1. Refogue os legumes que você vai usar. Eu usei meio maço de brocólis (guarde as folhas e talos, pois você vai precisar para a próxima receita), uma cenoura, uma beterraba pequena ralada, e meio pimenão. Processei uma cebola pequena e dois dentes de alho. Derreti uma colher de manteiga e dourei o lindo purê que se formou. Em seguida, acrescentei os legumes e aproveitei esse momento para salgá-los levemente com shoyo. Reserve.

2. Bata uma clara em neve (e reserve a gema).

3. Em uma panela, derreta 02 colheres de sopa de manteiga, acrescente 02 colheres de sopa de maisena e 02 copo de leite (250ml). Misture até formar um creme maravilhoso. Acrescente a gema, 01 colher generosa de requeijão (a receita original sugeria 02 colheres de queijo ralado, mas não tinha aqui em casa), as claras em neve e, por fim, os legumes refogados.

4. Assim que você misturar tudo, aproveite para acerta o sal e o tempero da massa. Depois coloque em um pirex, cubra com mais um pouco de requeijão (eu usei uma colher) e leve para assar em forno baixo, por mais ou menos 35 minutos.

Enjoy it!

Pão de iogurte e orégano

Essa receita veio aqui do Rainhas. É um pão muito suave e saboroso.

Você faz assim:

1. Em uma tigela dissolva 01 tablete de fermento biológico (15g) em uma colher de sopa de açúcar até ficar líquido.

2. Acrescente meia xícara de chá de leite morno, 02 potes de iogurte natural, meia xícara de chá de óleo, 01 ovo, meia xícara de chá de queijo parmesão ralado, 02 colheres de sopa de orégano, e meia colher de sopa de sal.

3. Separe 04 xícaras de chá de farinha de trigo e vá adicionando aos poucos à massa, até que ela fique homogênea e consistente.

4. Unte a fôrma com uma camada generosa de manteiga e farinha de rosca. Passe a massa para a fôrma untada e deixe crescer em local morno por uma hora.

5. Pincele o pão com uma gema, polvilhe com queijo ralado e orégano.

6. Pré-aqueça o forno e leve o pão para assar à temperatura de 180º, por aproximadamente 30 minutos.

7. Espere amornar para desenformar.

Bom, é delícia demais, perfeito para comer com uma camada generosa de cream cheese, ou para servir de lanche noturno do marido com alface, cenoura ralada, pimentão, tomate e um fio de azeite.

Salada de frutas BBB


O nome é fantástico! hahaha

Mas é sério, para deleite do meu marido, criei essa salada de frutas para degustarmos enquanto assistíamos a estréia do BBB 9 (sim, eu assisto!). Ficou divina!

É simples assim: Coloquei mamão picado, morango e mixirica. Cobri com suco de laranja, coloquei um fio de mel e - o pulo do gato - ralei um pouco de gengibre. Depois é só levar a geladeira para curtir os sabores.

O gengibre deu uma refrescância divina, mas lembre-se: o gengibre fresco tem um sabor mais forte e picante do que aqueles picaretas de restaurante japonês, que ficam curtidos em água. Por isso, use com parcimônia.

E você, o que achou da estréia do BBB? Só eu que reparei que o Pedro Bial suava em bicas???

domingo, 11 de janeiro de 2009

Bolo de cenoura com cobertura de chocolate

Eu sei que havia dito que as receitas seriam mais ligths por um tempo, mas desde a praia estava doida para comer bolo de cenoura. E como bolo de cenoura sem cobertura é muito sem graça... fui obrigada a usar cobertura de chocolate.

Então vamos lá:

1. Descasque e pique 02 cenouras médias (as minhas estavam bem grandinhas), e bata no liquidificador com 02 ovos e 150ml de óleo.

2. Transfira essa mistura para uma tigela, acrescente 01 xícara de açúcar, 1 1/2 xícara de farinha de trigo (peneirada sempre) e uma colher rasa de fermento em pó. Misture bem e leve para uma fôrma untada (Lembra do esquema? Para untar use uma camada generosa de manteiga e farinha).

3. Leve para assar em forno médio - pré-aquecido - até ficar douradinho. Vale a velha e boa prova do palito.

A cobertura é muito simples: Leve ao fogo uma caixa de creme de leite, 1/2 caixa de leite condensado (use uma inteira se preferir mais doce) 4 colheres de chocolate em pó e uma colher cheia de manteiga. Mexa sem parar até começar a ferver e, com a cobertura ainda quente, cubra o bolo. Eu gosto de colocar a cobertura com o bolo ainda quentinho. E, apesar de achar horroroso, eu sou daquelas que fazem furinhos no bolo para a calda penetrar bem. Mas com bom senso, né? Porque bolo furadão dá a impressão que um tarado chegou antes... então eu gasto um bom tempinho cobrindo bem os furinhos para ficar bonitinho.

Ah, as quantidades acima são apenas de 1/2 receita. Eu achei que deu uma quantidade muito boa de bolo, mas se você quiser mais é só dobrar as quantidades. Dãããã... rs...

E aproveitem porque é muito bom! Beijos e boa semana para todas!!!

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Feliz 2009!


Eba! Estamos de volta para começar mais um ano que, definitivamente, vai ser maravilhoso.

Quero desejar a todos um ótimo 2009, cheio de muita alegria e paz. Que em 2009 a gente possa se abrir verdadeiramente para a vida, aproveitando cada segundo!

Então, a viagem foi uma ótima. Fizemos muitos passeios, descansamos, estivemos na companhia de amigos muito queridos, e de novos amigos, que nos trouxeram muitas alegrias e, claro, comemos e bebemos muito. De forma que nos próximos tempos teremos muitas receitas ligths por aqui.

Ontem foi dia de retirar a decoração de Natal - o que me deixou muito triste e me fez pensar que nesse ano vou montar a decoração em novembro. rs...

E para esquentar o fogão para 2009, começamos bem com uma receitinha de "Pão de abobrinha com nozes".

Digamos que eu fiquei inspirada quando li que esse era o lanche que as filhas do Barak Obama levaram para o seu primeiro dia de aula. rs...

Enfim, vamos ao que interessa:

1. Esfarele 01 tablete (15g) de fermento biológico em uma tigela, junte 01 colher de sopa de açúcar e misture até ficar líquido. Acrescente meia xícara de chá de água morna e meixa xícara de chá de farinha de trigo (peneirada sempre!). Misture, cubra e deixe crescer por 15 minutos.

2. Adicione 02 ovos, 05 colheres de sopa de azeite, uma abobrinha média ralada no ralo grosso, meia xícara de chá de farinha de rosca e misture. Acrescente um cubo de caldo de legumes triturado.

3. Aos poucos, adicione 02 xícaras de chá de farinha de trigo e uma xícara de chá de nozes trituradas até ficar homogêneo. Coloque a massa em uma fôrma untada (beeem untada com uma camada generosa de margarina e farinha). Cubra e deixe crescer por 01 hora.

4.Preaqueça o forno em temperatura média. Leve o pão para assar por 30 minutos, ou até dourar. Retire do forno e espere esfriar para servir.

Seguinte, com medo de sobrar, fiz metade da receita, mas mantive a mesma quantidade de abobrinha e nozes. O resultado foi um pão delícioso, que desapareceu, não sobrando nem um farelinho para contar história.

Minha dica é usar um timer para marcar o tempo. Assim, você pode relaxar, já que o alarme vai te avisar a hora de agir.

Espero que vocês gostem da dica. Agora preciso ir, pois vai começar o Coronel e o Lobisomem. Bjs!!!