sábado, 30 de maio de 2009

Caldo de feijão


Não sei se já havia comentado da minha fobia de panela de pressão. Não sei se é porque imagino que é uma bomba que pode explodir na minha cara me deixando deformanda para sempre, mas, enfim... essa semana meu marido me apertou, e eu tive que aprender a usar a bendita!

Minha mãe me deu as dicas, e não é que foi simples? Agora vivo aliviada porque já posso fazer outras delícias. Mas vamos ao que interessa. Não é que eu não tenha modéstia, mas o meu caldo é um dos melhores que já provei. hahahahaha... e eu fiz assim:

Fritei uma porção generosa de bacon picado bem miudinho. Quando ficou crocante, retirei o bacon (que ficou escorrendo no papel toalha), e aproveitei a gordura para fritar uma cebola grande, processada com bastante alho. Em seguida, acrescentei paio e linguiça, também picados miudinhos e sem a casca, e deixei dar uma fritadinha. Na sequência devolvi o bacon à panela, acrescentei o feijão batido e acertei o tempero. Deixei cozinha um pouco para apurar os sabores, e depois foi só servir com cebolinhas e torradas.

Meu marido concorda que é um dos melhores caldos que ele já comeu, e disse que a prova disso são os 08kg que ele engordou após o casamento. Que tal???

Presentes, presentes e mais presentes...


Gente, eu estou super em dívida com minhas queridas que não param de me mimar! Minha casa fica sempre mais fofa, graças a vôcês!


1. Mãe, AMEI o tapete de banheiro lindo que você me deu! Obrigada!
2. Marcela, já te disse que o savon du chef resolveu meu problema! Muuuuuitttto obrigada!
3. Amandinha, minhas galinhas são lindas demais!!! AMEI MUITO! Brigada abiga!

E quero aproveitar para mandar um beijinho para a Marina que esses dias visitou o blog e deixou um recadinho muito fofo! Beijos querida!

domingo, 24 de maio de 2009

Talharim ao molho de cogumelos

Então, no dias das mães, prometi postar a receita do “talharim ao molho de cogumelos”. Por acaso, juro, essa é minha receita-coringa, que normalmente faço quando quero muito agradar, mas não quero queimar todos os neurônios. Essa é uma receita muito saborosa e marcante, por isso recomendo para dias especiais. Seu preparo é facílimo, como você pode conferir abaixo:

1. Numa panela grande, acrescente 01 colher generosa de manteiga, e frite 06 dentes de alho, 200g de shitake fatiado, 100g de funghi previamente hidratado (guarde a água em que você o deixou hidratando) e 200g de champignon fatiado.
2. Em seguida, acrescente um vidro pequeno de molho de soja (125ml) e deixe reduzir – dessa vez acrescentamos ½ vidro e completamos a diferença com a água do funghi e ficou muito mais suave.
3. Agora, segundo a receita original, é hora de acrescentar 500ml de saquê. Mas na verdade você pode testar outras bebidas, eu já fui de vodka e dessa vez fomos de cachaça.
4. Aí é hora de provar se os cogumelos estão macios. Aproveite para acertar os temperos (eu coloquei mais ½ caldo de carne).
5. Ao final, acrescente 01 colher de sopa de suco de limão, 1litro de creme de leite fresco e parmesão ralado na hora (acrescente aos poucos, para não correr o risco de ficar salgado).




Nota: Uma pessoa que fez a receita me disse que ficou muito pesado. Ainda não consegui descobrir o porquê, então imagino que pode ser pela substituição do creme de leite fresco pelo tradicional. Se esse for o seu caso, sugiro que você dissolva o creme de leite com um pouco de leite para suavizar. Se vocês testarem me digam o que acharam.

Pimenta biquinho

Minha mãe ganhou um punhado de pimentas biquinho fresquinhas. Sabendo que ela não ia prepará-las, porque estava com uma cara muito preguiçosa, decidi fazer por minha conta e risco. Ficou muito gostoso e mais saboroso que as conservas tradicionais. Por isso, corri para trazer aqui pro blog.

Primeiro é necessário “branquear” as pimentas (não me pergunte o porquê do nome): lave as pimentas, prepare uma panela de água fervente e uma tigela com água gelada e cubos de gelo. Aí você joga as pimentas na água fervente por 20 segundos, retira escorrendo a água e joga na água gelada por mais 20 segundos. Depois você arruma as pimentas no vidro em que vão ficar (que você já esterilizou que eu sei).

Então é chegada a hora da receita (lembrando que eu tinha um pote dos de margarina cheio de pimenta): no vidro em que você organizou as biquinhos, acrescente 10 dentes de alho e manjericão a gosto (usei o desidratado mesmo). Enquanto isso, ferva 400ml de vinagre de vinho branco. Quando terminar de ferver, acrescente até cobrir as pimentas. Em seguida acrescente 01 colher de sopa de sal, e 02 colheres de sopa de açúcar.

Importante: Não exagere no vinagre, um dedo acima das pimentas é suficiente para não morrer no azedo. E, não menos importante, deixe o espaço de um dedo vazio no vidro.

Deixe curtir por uma semana e se jogue nos prazeres dessa pimenta, que fica ótima com carnes e saladas. Também já provei em pizza e numa caipi muito gostosa com manga (quando fizer posto a receita).

Mais uma do marido

Não preciso comentar, né?

Farfalle com frango ao curry


Dia desses, estava com muita vontade de comer curry. Inspirada por este post do Rainhas, decidi fazer “farfalle com molho de frango ao curry”. Foi só inspiração, porque acabei fazendo a receita da minha cabeça. E, gente... ficou bom demais! Confira:

Preparando o frango: cortei 2 filés de peito em tiras, e temperei com limão, pimenta do reino e uma pitada de sal. Deixe curtindo por uns 30 minutos.

Aí você derrete uma colher generosa de manteiga e ali doura cebola e alho.

A essa mistura acrescentei ½ pimentão verde e ½ pimentão vermelho cortado em cubos bem pequenos.

Acrescentei o frango, um punhado de orégano, salsa desidratada e gengibre em pó.

Quando o frango ficou douradinho, acrescentei 02 colheres de curry em pó.

Assim que o curry se dissolveu pela panela, acrescentei 01 caixa de creme de leite e 200ml de leite desnatado. Dei mais uma breve fervida e cobri a massa que já havia sido cozida e bezuntada de azeite aromatizado.
Tudibom!!!

Numa dessas sextas na Maison...


domingo, 10 de maio de 2009

No dia das mães...

Hoje foi um almoço muito especial de dia das mães. Por isso, a refeição não podia ser diferente. Fomos de filé, com talharim caseiro de tomate, ao molho de cogumelos (cuja receita posto em breve) e de sobreme: Suflê de Nutella com sorvete de creme crocante.


Bom, a receita do suflê, para variar, eu encontrei há muito tempo aqui no Rainhas.

É muito simples: primeiro você derrete 180g de chocolate 1/2 amargo, 200g de Nutella e 16g de manteiga sem sala. Enquanto esfria um pouco, você bate 5 claras em neve (guarda as gemas) com uma pitada de sal e 1 colher de sopa de suco de limão. Vá adicionando 80g de açúcar (que é totalmente dispensável) aos poucos, até adquirir uma consistência firme. Nessa hora você para tudo, acrescenta as 05 gemas ao chocolate com a Nutella e depois incorpora DELICADAMENTE essa mistura às claras em neve. Eu distribui a massa em ramequins individuais, untados com manteiga e levei para assar em um tabuleiro com água - tipo banho maria. O suflê vai ao forno a 200ºC até ficar firme e dourado (cerca de 40min). Deve ser servido quente e com uma bola de sorvete, pois o contraste quente-frio é perfeito!

Vou dedicar essa receita para minha mãe e minha madrinha que ficaram ao meu lado firmes e fortes esperando o suflê ficar perfeito! Bjs procês!

sábado, 9 de maio de 2009

Mãe...

é tudo de bom!
Um feliz dia das mães para todas essas mulheres que dão a vida por nós!


Especial para minha mãe e para minha madrinha: AMO VOCÊS!


E também um beijo muito carinhoso para todas as minhas amigas que são mães: Chris, Noelma, Del, KBorges, Ellen, Érika, Norma, Ana Eliza, Adriana, Andréia, Fabiana, Regiane, etc...

segunda-feira, 4 de maio de 2009

Unm vício chamado DECOUPAGE

Começa assim: você vai acompanhar sua amiga numa loja de artesanato. Vê aqueles milhões de trecos fofinho e encontra uma vendedora que em 05 minutos te ensina como fazer. Aí você vai pra casa e descobre que é fácil mesmo, seu treco fica lindo, você fica feliz e sem entender como colar um reles guardanapo na madeira pode dar tanto prazer.
E aqui estou eu, super viciada, com mil projetos em vista, apresentando para vocês o meu primeiro projeto:
Porta pipoca de microondas

Ficou lindo, né? Quando os outros ficarem prontos apresento para vocês.

domingo, 19 de abril de 2009

Terça a noite na Maison...


Preparado pelo meu marido: será que ele tá pegando minhas manias?

Fondue de páscoa


Então, acho que dispensa comentários.
Tô muito mimosa!

Post atrasado de páscoa

Gente... sei que estou muito atrasada! Não tem desculpa, mas a vida é corrida assim mesmo. Estou cheia de novidades. Quero começar contando um pouco da páscoa, que foi perfeita junto da minha família. Aproveitei para testar duas idéias que tinha há tempos e, modéstida a parte, foi um sucesso. Confere:




O primeiro foi o antepasto de berinjela, receita que a querida Andréia me mandou há tempos, e só agora consegui testar. Mas foi delícia total, muito perfeito e vou fazer sempre. A receita, vocês conferem na íntegra, como me foi passada:
Ingredientes:

4 berinjelas com casca
3 cebolas
½ pimentão verde
½ pimentão vermelho
½ pimentão amarelo
200g de uvas passas pretas
200g de uvas passas brancas
200g de azeitona preta picada (sem caroço)
200g de azeitona verde picada (sem caroço)
½ copo de azeite (do bom)
½ copo de vinagre (branco)
Pitada de sal “generosa”


1º passo: picar os vegetais em cubos não muito pequenos.
2º passo: colocar todos os ingredientes, de uma só vez, dentro de uma panela.
3º passo: misturar e deixar no fogo até os ingredientes estiverem brilhando. Aproximadamente 25 minutos.
4º passo: ainda quente, despejar em potes de vidro, fechar e deixar na geladeira.
5º passo: saborear.

No próximo post vocês vão ver como eu brilhei na sobremesa!
Bjs, Ju

Recadinho para Andréia: Amei a receita que é super deliciosa! Dá vontade de comer de colher! Quero mais receitinhas dessa, para o meu maridinho ficar com a mesma cara boa que o seu rs... amamos vocês dois! Bjs

quinta-feira, 9 de abril de 2009

Feliz páscoa!


Amigos queridos, desejo a todos uma feliz páscoa!
Semana que vem estou de volta, para contar tudo que preparei para a páscoa!
Bjs

Lombo ao molho de laranja e mel


Meninas, muito simples:

1º - Prepare a marinada. Para 01kg de lombo separe uma taça de vinho tinto, pimenta do reino, ervas finas e uma pitada de sal. Faça furos em todo o lombo, e deixe marinando por umas duas horas (se der para deixar de véspera, perfeito!!!).
2º - Sele o lombo em um poquinho de óleo.
3º - Aí é hora de colocar o suco de 3 laranjas e 100ml de mel (eu coloquei mais, vá ao seu gosto).
4º - Cozinhe na panela de pressão por uns 20 minutos. Se for necessário, junte o caldo da marinada.
De acompanhamento, o mais simples possível: Arroz, brócolis e batatas. Tudo de bom!

domingo, 29 de março de 2009

O primeiro risoto...

... definitivamente a gente nunca esquece. Ainda mais porque eu achava que era complicado de fazer, e ficava enrolando. E, sinceramente, não entendi a mística em torno desse prato. Mas, enfim, vou ensinar a base do risoto, que é super fácil, e o complemento... bem, no caso do complemento, o céu é o limite!!!! Então vamos lá!




Antes de tudo, é necessário preparar o caldo. o cálculo é simples: para um litro de água, dois cubos de caldo knorr. E é essa quantidade que você vai precisar para preparar uma xícara de arroz (e você comprou aquele arbóreo de ótima qualidade que eu sei), que vai satisfazer com capricho duas pessoas.

Então você processa uma cebola pequena e dois dentes de alho e leva para panela com uma colher generosa de manteiga. Quando a cebola estiver douradinha, você refoga o arroz e soma uma xícara de vodca (você também pode usar vinho branco ou tinto seco), até o líquido evaporar. Esse momento é fundamental para o arroz soltar o amido e ficar bem cremosinho. Depois é só ir acrescentando o caldo aos poucos nesse esquema: acrescenta uma concha e deixa evaporar, enquanto vamos mexendo - com muita paciência - até o arroz ficar bem cremoso.

Aí é hora de acrescentar o complemento. Eu fui de pimentões coloridos (1/2 amarelo, 1/2 vermelho e 1/2 verde, pré-cozidos) e linquiça calabreza (que eu tirei a pele, despedacei e fritei antes).

Para finalizar acrescente outra colher generosa de manteiga e queijo parmesão ralado na hora.

E hum.... se jogue nesse prato tão delicioso!

quinta-feira, 12 de março de 2009

Pequenas facilidades cotidianas!

Sério que eu amo muito cheirinhos gostosos e detesto aquelas velinhas picaretas para usar no difusor. Como sempre minha mãe resolveu minha vida e me deu isso:
Tcharam!!! Um difusor elétrico! E viva as pequenas facilidades cotidianas!
Difusor by Outonos do Banhos.

Eu...

... tinha certeza que até uma ameba fazia bolo...

... desconfiava quando alguém me contava que um bolo tinha dado errado...

... duvidava da capacidade mental das pessoas que diziam não saber fazer bolo...
... pensava na falta de cuidado das pessoas que quebravam bolos na hora de desenformar...

... me achava a Dilene do Jardim América (hohoho quem já casou entendeu!)...

até que...

aconteceu comigo!
Todo dia a gente quebra um paradigma!

quinta-feira, 5 de março de 2009

Aniversário de namoro é tudo de bom...

Então gente, na terça-feira eu e o Fabrício completamos oito anos de namoro. Para mim sempre é um dia muito especial, pois me faz relembrar da nossa história. Decidimos fazer uma comemoração a dois, e como estava muito quente, eu queria algo que não me prendesse na cozinha. E fomos de "pizza de rúcula, parma e pimenta rosa".



Muito simples: Comprei massa de pizza integral, reguei com um fio de azeite, fiz uma cama generosa de rúcula, presunto parma à vontade e bastante pimenta rosa. Minhas dicas são: capriche na rúcula - porque ela vai murchar -, e compre um presunto parma bem fresquinho, se não fica salgado e duro.

De sobremesa outra delícia: "espuma de laranja".



Outra delícia: Bata 04 gemas (guarde as claras) e adicione 01 copo de suco de laranja, 01 colherzinha de maizena, 02 colheres de açúcar e as raspas de 01 laranja. Aí é hora de levar esse creme para cozinhar em banho-maria, mexendo sem parar, até virar um creme homogêneo. Nessa hora desligue o fogo e bata aquelas 04 claras que você guardou em ponto de neve e misture ao creme ainda morno. Leve para gelar. Eu fiz apenas 1/4 da receita, o que me deu duas taças de champanhe cheias até a metade.

De resto, muito vinho (gelado, claro!) e muito amor no coração, porque 8 anos de namoro - felizes - não são para qualquer um!

segunda-feira, 2 de março de 2009

Metodologia de corte germanico...

Porque só quem vem de uma família alemã corta com essa perfeição ;-)

Bjs mamãe, madrinha, Pitucha e lotinha! Love you!!!

Quinua real


Olá muguegada!!!!

Eu sei que tenho andando muito sumida, mas como disse para vocês, iniciei uma nova etapa da minha vida, e tenho trabalhado bastante. Mas quero agradecer a todos os puxões de orelha pela ausência, sinal de que estão acompanhando o blog!!!

Hoje vou postar uma daquelas receitas lights, saudáveis, gostosas e fáceis de fazer. Enfim, o prato perfeito! "Pimentão recheado com quinua e frango ao molho teriaki". Sem mistérios:

Para o pimentão: Frite no azeite alho e cebola roxa bem picadinhos, acrescente um punhado de pimentão vermelho, outro punhado de pimentão verde (picadíssimos), um punhado de abobrinha ralada e 3/4 de xícara de quinua. Dá uma fritadinha básica, acrescenta uma xícara de chá de água, acerta o tempero, e deixa cozinhando por 15 minutos, que o tempo da quinua ficar macia. Ai é só rechear o pimentão (essa receita rendeu 02 pimentões recheados), polvilhar queijo ralado e levar ao forno pré-aquecido por 15 minutos.

Para o frango ao molho teriaki: Cozinhe 01 colher de açúcar mascavo - yes, i have it baby - em fogo baixo, quando começar a caramelizar acrescente 01 colher de chá de gengibre picado. Retire do fogo, e junte 01 colher de chá de saquê. Volte ao fogo, mexendo bem até obter uma mistura lisa. Enquanto isso, dissolva meia colher de maizena em 1/4 de xícara de chá de água e aos poucos vá acrescentando à mistura na panela, mexendo beeem para não empelotar. Quando engrossar, deslique o fogo e tampe a panela. Aí é só regar o franguinho gralhado na hora de servir. Vai por mim, é a própria receita usada pelos japas da cidade!

E para acompanhar, saquê bem geladinho!!! Nham... Então vamos comer bem e ser feliz gente!!!!

Em tempo: A quinua é um grão chileno, eleito pela ONU como o mais completo do planeta e considerada a proteína do século XXI (google para saber mais). É encontrado nos melhores supermercados da cidade, eu fui de Supernosso Gourmet.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Alalaôôôô....

Gente, sumi, mas tô de volta. E sumi por duas boas causas: a primeira é que comecei a trabalhar em uma empresa nova, e a segunda foi o carnaval de Diamantina - que eu tinha esquecido como era bom.

Enfim, para voltar no clima do carnaval quero comentar sobre 2 sites que eu amo. O primeiro é o The "mothafuckin" Twix from hell , um blog que eu acompanho há tempos, e hoje limpando os meus favoritos eu redescobri. Eles foram perfeitos na re-criação do Twix gigante:

Aí descobri que eles tiraram a idéia do Pimp that snack, uma outra pérola que ensina a ampliar os melhores snacks (lanchinhos) do mundo. Fiquei na dúvida na hora de escolher meu preferido, não sabia se gostava mais da MC Donalds Apple Pie, Gummy bears ou MMs e acabei escolhendo este último:



Volto amanhã com coisas úteis.

domingo, 15 de fevereiro de 2009

Spaghetti à calabresa

Quando meu marido trás amigos famintos para jantar, eu logo penso em uma massa, com um molho mais encorpado, cheia de ingredientes suculentos e temperos que dão água na boca.


Assim aconteceu na última semana, e eu corri para preparar essa receita, que também foi inspirada nos molhos da minha mãe, que são PERFEITOS.
É simples assim:
1. Processei uma cebola roxa, 04 dentes de alho, uma colher de café de orégano, uma colher de café de cominho, uma pitada de alho desidratado e uma pitada de pimenta do reino.
2. Em uma panela, derreti uma colher cheia de manteiga e acrescentei o purê. Assim que começou a cozinhar, acrescentei uma dose* de vodca e outra medida igual de água.
3. Aí acrescentei um pimentão verde picado bem miudinho e um tomate também bem picadinho. E deixei cozinhar.
4. Quando o pimentão ficou macio, acrescentei meia lata de molho de tomate e 02 linguiças calabresa - sem pele e picadas bem miudinhas. E deixei cozinhar em fogo baixo, para os sabores item apurando. Aí é hora de acompanhar, ver se precisa de mais um tiquinho de água, se falta algum tempero...
5. O resto você já sabe: boa massa, bom queijo ralado, azeite de primeira.
E o resultado são várias carinhas felizes (e pancinhar estufadas...)!!!

* É uma dose mesmo, medida no dosador de bebidas.

Presentes...

AMO ganhar presentes - também gosto de dar presentes, mas recebê-los é mais gostoso. E minha família e amigos têm sido sempre muito carinhosos comigo, e me presenteiam com coisas lindas, que sempre terão destaque aqui no blog.


Mamãe, tia Cor e Chris, AMEI os presentes, muito obrigada!




1. Pratos fundos da linha Tatto da Oxfor, presentes da mamãe.
2. Suporte para hashis criados pela minha super talentosa madrinha.
3. Suporte para panela, porta-guardanapo e peixinhos, presentes da Chris. Detalhe para o porta-copos que eles me deram quando voltaram da sua lua-de-mel, e que eu guardei com muito carinho para estrear na minha casa.

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Panquecas da mamãe

A panqueca da minha mãe é a melhor. Isso é indiscutível (pelo menos para mim, kkkkk). Num dia que estava morrendo de vontade de comer panquecas, tentei reproduzir a receita dela. Ficou delicioso, mas não chegou aos pés da panquequinha da mamãe.

Olha como é simples de fazer: Misture (eu usei o mixer) 02 xícaras de chá de leite, 01 xícara de chá de farinha de trigo, 02 ovos, 03 colheres de sopa de óleo, e uma colher de chá de sal. Eu fracionei e fiz apenas a metade da receita, o que rendeu umas 07 panquecas fininhas.

O recheio fica a seu critério. Dessa vez eu usei requeijão, peito de peru e geléia de pimenta. Ficou perfeito!

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Porque eu...

... faço bolo à moda antiga.

Bolo prestígio


Essa é mais uma receita que eu peguei no Rainhas, e ela veio da comadre Christina.
Eu segui o passo a passo (com crase, sem crase?) e ficou perfeito. Olha só:
1. Para a massa: bata 125g de manteiga e 125g de açúcar. Em seguida, acrescente - uma a uma - 03 gemas (guarde as claras) e junte 01 colher de sopa de essência de baunilha. Aí é hora de acrescentar 175g de farinha, 01 colher de sopa de fermento em pó, 06 colheres de sopa de leite e 04 colheres de sopa de chocolate em pó. Misture até ficar homogêneo. Bata 03 claras em neve e incorpore à massa delicadamente.
2. Para o recheio: Bata uma clara em neve e acrescente 100g de coco ralado, 100g de açúcar, 1/2 colher de maizena e 05 colheres de creme de leite.
3. A montagem do bolo é super simples: Coloque metado da massa de chocolate em uma fôrma e acerte com uma espátula para ficar beeem lisinho. Acrescente o recheio no mesmo esquema, acertando para ficar lisinho. E cubra com o resto da massa de chocolate. Asse em forno médio até passar no teste do palito (cerca de 30 minutos).
4. Aí é tirar do forno e partir para a cobertura: eu fiz um brigadeiro molinho, bem ralinho naquele esquema que eu contei aqui antes.
Gente, é bom demais!!! Aproveitem!

domingo, 8 de fevereiro de 2009

Spaghetti ao aglio e oglio (e bacon)


Eu sei que muita gente não gosta do macarrão ao alho e óleo, principalmente porque normalmente o que encontramos é um pouco de macarrão mergulhado naquele óleo gosmento. Mas como esse é o prato preferido do meu marido, eu tive que desenvolver uma técnica para deixar essa massa mais simpática. E eu atingi a perfeição. Por isso, hoje eu vim compartilhar com vocês:

"A técnica para o aglio e oglio perfeito". Então vamos começar, lembrando que as medidas são para meio pacote de spaghetti, o que dá com fartura para 02 pessoas:

1. Cozinhas o spaghetti até ficar al dente (é al dente mesmo, não gororoba) e reservar.

2. Fritar um punhado de bacon cortado em cubinhos (eu fritei umas 100g), até ficar dourado. Retire o bacon com uma escumadeira e deixe a gordura na panela.

3. Aí você coloca 05 dentes de alho fatiado em lâminas para fritar nessa gordura do bacon. Quando estiver beeeem fritinho, você coloca 1/4 de xícara de azeite e joga a massa.

4. Envolva a massa no "aglio e oglio" e acompanhe o estado oleoso da coisa. Normalmente você vai precisar colocar mais 1/4 de xícara. Mas vá acompanhando e regando aos pouquinhos, apenas para envolver a massa no azeite.

5. Aí você joga o bacon, desliga o fogo e serve com "aquele" queijo ralado maravilho.

E voilá... você vai ter um aglio e oglio na medida exata!

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Eu no Rainhas...


Gente, olha que bacana, a "Mousse de Nutella" foi publicada na seção "Receitas das Comadres" lá no blog do Rainhas do Lar.

Vai lá conferir: www.rainhasdolar.com

Sanduíche de pizza da Lets



Gente, a Lets me indicou essa receitinha aqui e me contou que ficava bom demais! E lá fui eu preparar essa delícia que vai morar pra sempre na minha cozinha. Vamos lá:

Misture 01 xícara de chá de maionese, 03 colheres de queijo ralado, 02 colhres de sopa de cebola picadinha (eu ralei) e 02 tomates beeemmm picadinhos. Eu fui intrometida e coloquei 1/2 pimentão beeeem picadinho.
Daí é separar 06 pães de sua preferência (eu usei pão de fôrma integral, mas imagino que um pãozinho de sal ia ser tudo de bom), colocar a misturinha por cima, colocar uma fatia de mussarela, salpicar orégano a gosto e levar ao forno até o queijo derreter.
Eu fiz uma versão aberta do sanduba: mas na versão original é para ser sanduba mesmo.
Lets, ficou uma delícia. Adorei! Pode continuar mandando as receitinhas aqui pro blog, que eu vou preparar com todo prazer!!!!
Bjs, Ju

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Cheescake de morango

Fiz esse "Cheescake de morango" para uma das comemorações do aniversário da minha mãe (a danadinha teve três esse ano). Dessa eu não fui convidada, maz fiz a sobremesa e posso dizer que ficou maravilho, pois consegui provar um último pedacinho que mamãe salvou para mim.

A receita vei aqui do Rainhas, mas vou postar a receita aqui com minhas considerações:
1. Para a massa, processe no liquidificador um pacote (200g) de biscoito maizena até virar pó, junte 100g de manteiga amolecida e amasse até obter uma massa homogênea.
2. Forre uma fôrma de fundo removível (levemente untada) com a massa e eleve um pouco as bordinhas - mas sem forrar as laterais da fôrma. Essa foi uma dica do Rainhas que eu segui a dedo: alise bem a massa, pois faz toda diferença na apresentação.
3. Para o recheio bata 300g de cream cheese (Atenção: é só cream cheese - o legítimo. Nada de requeijão, ou outros queijos cremosos), 60g de açúcar (01 colher de sopa), 01 colher de chá de essência de baunilha e algumas gotas de limão, até ficar uma massa lisinha, homogênea e cremosa. Reserve enquanto bate 205g de creme de leite fresco (mais uma do Rainhas: de caixinha nem pensar), e depois envolva-o ao creme.
4. Em seguida, espalhe o creme sobre a massa de biscoito e, mais uma vez, alise bem, e leve a geladeira por, no mínimo, 5 horas.
5. Desenforme na hora de servir, e cubra com a geléia de sua preferência. Eu usei morango, as Rainhas recomendam cereja... mas vale tudo.
Agora vamos as minhas considerações:
1. Eu faria mais uma metade de recheio e - talvez seja uma heresia o que eu vou dizer - colocaria um pacotinho de gelatina incolor, pois, apesar do creme ter ficado delicioso, ficou beeemmm mole.
2. Antes de usar, amoleça um pouquinho a geléia. Pode ser no fogão, mas tome cuidado para não colocá-la quente sobre a torta, pois o cheescake é uma sobremesa refrescante.
E é isso mulherada. Podem fazer que não tem erro e é sucesso garantido!!!

Meu primeiro meme

Gente... olha que lindo meu primeiro meme.
Presente da Mara do Temperos, Artes e outras coisitas.

Mara, adorei meu primeiro meme.
Obrigada pelo carinho.
Bjs!

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Como apagar o fogo em panela quente.

Hoje eu recebi um e-mail da minha afilhada/madrinha Mônica, mostrando como apagar o fogo daquela panela, ou frigideira com óleo quente, e resolvi postar aqui no blog porque acho fundamental aprender a lidar com essas situações - até mesmo porque eu já quase pus fogo aqui em casa.

Leiam e vejam o vídeo:

Se esquecer no fogo a panela ou frigideira com óleo, e o fogo tomar conta, NÃO ENTRE EM PÂNICO. Siga as instruções abaixo:

1. DESLIGUE O FOGO.
2. MOLHE um pano e torça-o, retirando o excesso de água, para que NÃO PINGUE.
3. Coloque o pano sobre a panela/frigideira e espere até que esfrie totalmente (não saia mais vapor).
4. NUNCA TENTE MOVER A PANELA ou FRIGIDEIRA5. NUNCA JOGUE ÁGUA - NUNCA JOGUE ÁGUA - NUNCA JOGUE ÁGUA - NUNCA JOGUE ÁGUA, pois os respingos carregarão o fogo consigo e os efeitos serão devastadores.

Veja o vídeo:

video


Compartilhe essas informações com as pessoas que você ama, porque fogo é muito perigoso!

Caipi manjericão e pimenta rosa

Se você quiser uma bebidinha diferente para esse findi, vai por mim que a "caipi manjericão com pimenta rosa" é o que há!!!



É muito simples: Em uma coqueteleira coloque algumas folhas de manjericão fresco, um punhado de pimenta rosa e dê uma macerada. Em seguisa acrescente uma dose de vodca, delo e dê aquela chacoalhada! Por fim, é hora de adoçar e degustar essa delícia.

As medidas de manjericão e pimenta rosa são por sua conta. Eu sugiro que você coloque menos e vá reforçando o sabor até ficar do seu gosto. No mais, aproveite essa bebida que é muito refrescante.

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Mousse para todos os dias...


Procurando uma sobremesa rápida e saborosa? Então se jogue nas "Mousses de fruta".

A minha receita é muito simples: Prepare um sachê de gelatina incolor conforme as instruções da embalagem. No liquidificador, bata a gelatina, 01 caixa de creme de leite, 01 caixa de leite condensado e 400g de polpa de fruta (dessas que compramos congeladas no supermercado). Depois é só colocar nas forminhas onde você vai servir e levar para gelar.
Na mousse abaixo eu fiz meia receita (mantive um sachê de gelatina incolor) e usei polpa de acerola. Ficou perfeito, pois o azedinho da fruta foi quebrado pelo leite condensado.
Mousse de acerola

Você pode usar o sabor que quiser: Morango, abacaxi, pitanga... Se você for mais paciente do que eu, congele a própria fruta, mas acho que a polpa pronta tá aí para ser usada. rs...
Minha sugestão é que você sempre tenha polpas de sabores variados no seu congelador. Aí, além de fazer sucos deliciosos, você pode ir variando nos sabores das mousses.

(Como você pode conferir, aqui em casa não falta nunca.)

Eu comprei vários sabores diferentes, como umbu, cupuaçu, etc. Assim que eu experimentar conto o resultado para vocês. Então se joguem!!!

Bjs!!!

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Larica total

Gente, alguém já assistiu o programa "Larica total" que passa no canal Brasil (Globosat, canal 66)?

É simplesmente fantástico!!! O apresentador Paulo Tiefenthaler é dos neguinhos mais hilários que existem. Ele usa todo o seu humor para fazer uma sátira aos programas de culinária convencionais, mas apresenta algumas receitas simples e saborosas.

O programa vai ao ar todas as sextas, à meia-noite e meia, com reprises por toda a programação. Você também encontra no youtube e no site do programa www.laricatotal.com.br.

Fica aí a dica: Se você quer se divertir, Larica Total!

Nêga maluca, nêga maluca...

Eu tava procurando uma desculpa para estrear minha fôrma de coração, mas não arrumei nenhuma... mas fiz um bolo mesmo assim: o famoso “Nêga maluca”. Gente: TUDIBOM!!!


Fiz assim:

1. Enquanto você pré-aquece o forno a 180º, bata 01 xícara de chá de farinha (peneirada sempre, gatas!), ½ xícara de chá de chocolate em pó, ½ xícara de açúcar, ½ xícara de óleo, ½ xícara de água fervente e 02 ovos.
Assim que formar um creme beeeem homogêneo, desligue a batedeira e acrescente ½ colher de chá de fermento em pó e misture manualmente.

2. Unte a fôrma daquele jeito mais perfeito e leve a massa para assar por mais ou menos 30 minutos (ou até que passe no teste do palito).

3. Quando o bolo estiver quase pronto (tipo faltando uns cinco minutinhos para sair do forno), prepare a calda. Eu fiz assim: 01 colher de chá de manteiga, ½ caixinha de leite condensado, 02 colheres de chá caprichadas de chocolate em pó, 02 colheres de chá de açúcar e meia caixinha de creme de leite para a calda ficar mais ralinha.
4. O pulo do gato é o seguinte: desenforme o bolo ainda quente e faça vários furinhos com o garfo. Aí regue com um pouco de calda e espere o bolo absorver para jorgar mais. Tome cuidado para jogar em todos os cantinhos do bolo. O resultado é um bolo macio e muito molhadinho!

De novo: TUDIDOM!!!

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Para comer sem culpa...

Tomatinhos sweet grape + cream cheese light + manjericão

* Em homenagem à Amanda: amiga, desde que comi na sua casa não tenho mais sossego.

Torta holandesa de sorvete



Essa torta é perfeita para aqueles dias quentes, em que tudo que precisamos é de algo que nos refresque. Ela é simples assim:

1. Para a massa da base bata um pacote de biscoito leite e mel no liquidificador até obter um pó fininho, acrescente 100g de manteiga em temperatura ambiente, e misture até obter uma massa homogênea. Reserve.

2. Unte suavemente uma fôrma de fundo removível, coloque um pacote de biscoito Calipso por toda a lateral e forre o fundo com a massa.

3. Para o recheio, bata uma caixa de creme de leite, 03 colheres de açúcar e meio pote de sorvete - eu usei creme, mas você deve usar o que preferir - na batedeira e coloque sobre a massa. Cobra e leve para gelar por 12 horas.

4. Para a cobertura, derreta um tablete de chocolate (eu usei metade 1/2 amargo e metade chocolate ao leite, acrescente uma caixa de creme de leite e misture até formar uma espécie de ganache. Espere esfriar e cubra a superfície da torta.

Nota 1000!

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Azeites aromatizados

Então, acho que quase todo mundo conhece a minha paixão por azeite. Amo azeite de todas as formas, e aqui na maison NUNCA falta.

A paixão pelos azeites aromatizados começou com a minha mãe, que faz o melhor azeite de alho e louro que eu conheço. Isso é indiscutível. Já provei outros desse sabor, mas minha mãe SEMPRE ganha!!!

Mas essa paixão virou loucura, então comecei a pesquisar novos sabores e descobri que o céu é o limite. Você faz com o que quiser e com os sabores que mais gostar.

Eu comecei com o de canela, o de pimenta calabreza e o de pimenta rosa.


Para os testes, comprei esses vidros no Mercado Central. Comprei vidros menores exatamente porque era um teste. O que ficar bom vai para vidros maiores. A fórmula é simples: bom gosto + bom senso. Coloque os temperos no vidro, cubra com o azeite e deixe curtir por uma semana.

Hoje, aproveitei as visitas do marido para testar os azeites, servi com torradas e pão de queijo, e o resultado foi o seguinte:
Canela :: Foi o meu preferido, mas não é tão fácil de usar. Imagino que deva ser perfeito para comes adocicados.

Pimenta calabreza :: Foi o preferido da nação masculina. Combina com tudo e ficou muito saboroso.

Pimenta rosa :: O sabor é muito sofisticado e acho que fica melhor com alimentos leves.

Quando for receber visitas, ofereça uma degustação de azeite: é chiquérrimo!

Então fica assim, libere sua criatividade e desenvolva seu paladar com essas delícias.

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Quando meu marido vai para a cozinha...

...sai o melhor filé acebolado que alguém pode comer.

Para acompanhar eu providenciei abobrinhas grelhadas com molho de mostarda e gengibre. E, claro, uma cervejinha MEGA gelada.

Talharim à parisiense: a minha versão maravilhosa!


Gente, sem modéstia, essa massa ficou um espetáculo! Além de ser muito fácil de fazer, o "Talharim à parisiense" é uma massa leve, perfeita para esses dias de calor que estamos vivendo.
Para fazer começamos pelo molho branco: Enquanto coloquei duas colheres de manteiga para derreter, processei uma cebola média, dois dentes de alho e um fio de azeite. Em seguida levei esse purê para dourar na manteiga e acrescentei uma dose de vodca - isso mesmo - para o purê cozinhar.
Muito importante: Separe duas colheres desse purê, pois você vai precisar daqui há pouco.
Em seguida, acrescentei 02 colheres de sopa de farinha de trigo e deixei dourar. Aí é hora de acrescentar, aos poucos, 500ml de leite. Enquanto acrescenta o leite, vá mexendo bem para não empelotar. Cozinhe até engrossar e acerte o tempero (eu coloquei caldo de carne e uma pitada de noz moscada). Acrescente uma caixa de creme de leite e reserve.
Agora é hora de colocar as duas colheres do purê de cebola - que você fez no início - em uma panela, e acrescentar o champignon fatiado (eu usei 100gr), em seguida acrescente uma lata de ervilha (você também pode usar ervilhas congeladas ou frescas, como preferir) e, por último, acrescente 250gr de peito de peru defumado, cortado em tiras, até dourar.
Um adendo sobre o peito de peru defumado: algumas pessoas usam frango desfiado nessa receita. Eu sou contra, mas se você insistir, procure usar peito de frango defumado. Os defumados - sem exceção - são muito mais saborosos.
Assim que o peito de peru ficar douradinho, agregue-o ao molho branco e aproveite para dar mais uma conferida no tempero.
Agora é só usar esse molho para cobrir a sua massa preferida. Essa receita, tradicionalmente, é feita com talharim, e eu aproveitei para usar massa fresca de ótima qualidade.
Preparem-se para malhar muito, pois garanto que vocês não comerão só um tantinho...
Bjs!!

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Torta de legumes


Eu adaptei essa receita do blog Temperos e Artes, que é um blog muito fofo.

É uma torta muito leve e saborosa. Particularmente, acho que só a torta é suficiente e não precisa de acompanhamentos. Mas se você achar necessário, sirva com um filé de frango ou outra coisa suave para não sabotar o clima leve da refeição.

O preparo é simples assim:

1. Refogue os legumes que você vai usar. Eu usei meio maço de brocólis (guarde as folhas e talos, pois você vai precisar para a próxima receita), uma cenoura, uma beterraba pequena ralada, e meio pimenão. Processei uma cebola pequena e dois dentes de alho. Derreti uma colher de manteiga e dourei o lindo purê que se formou. Em seguida, acrescentei os legumes e aproveitei esse momento para salgá-los levemente com shoyo. Reserve.

2. Bata uma clara em neve (e reserve a gema).

3. Em uma panela, derreta 02 colheres de sopa de manteiga, acrescente 02 colheres de sopa de maisena e 02 copo de leite (250ml). Misture até formar um creme maravilhoso. Acrescente a gema, 01 colher generosa de requeijão (a receita original sugeria 02 colheres de queijo ralado, mas não tinha aqui em casa), as claras em neve e, por fim, os legumes refogados.

4. Assim que você misturar tudo, aproveite para acerta o sal e o tempero da massa. Depois coloque em um pirex, cubra com mais um pouco de requeijão (eu usei uma colher) e leve para assar em forno baixo, por mais ou menos 35 minutos.

Enjoy it!

Pão de iogurte e orégano

Essa receita veio aqui do Rainhas. É um pão muito suave e saboroso.

Você faz assim:

1. Em uma tigela dissolva 01 tablete de fermento biológico (15g) em uma colher de sopa de açúcar até ficar líquido.

2. Acrescente meia xícara de chá de leite morno, 02 potes de iogurte natural, meia xícara de chá de óleo, 01 ovo, meia xícara de chá de queijo parmesão ralado, 02 colheres de sopa de orégano, e meia colher de sopa de sal.

3. Separe 04 xícaras de chá de farinha de trigo e vá adicionando aos poucos à massa, até que ela fique homogênea e consistente.

4. Unte a fôrma com uma camada generosa de manteiga e farinha de rosca. Passe a massa para a fôrma untada e deixe crescer em local morno por uma hora.

5. Pincele o pão com uma gema, polvilhe com queijo ralado e orégano.

6. Pré-aqueça o forno e leve o pão para assar à temperatura de 180º, por aproximadamente 30 minutos.

7. Espere amornar para desenformar.

Bom, é delícia demais, perfeito para comer com uma camada generosa de cream cheese, ou para servir de lanche noturno do marido com alface, cenoura ralada, pimentão, tomate e um fio de azeite.

Salada de frutas BBB


O nome é fantástico! hahaha

Mas é sério, para deleite do meu marido, criei essa salada de frutas para degustarmos enquanto assistíamos a estréia do BBB 9 (sim, eu assisto!). Ficou divina!

É simples assim: Coloquei mamão picado, morango e mixirica. Cobri com suco de laranja, coloquei um fio de mel e - o pulo do gato - ralei um pouco de gengibre. Depois é só levar a geladeira para curtir os sabores.

O gengibre deu uma refrescância divina, mas lembre-se: o gengibre fresco tem um sabor mais forte e picante do que aqueles picaretas de restaurante japonês, que ficam curtidos em água. Por isso, use com parcimônia.

E você, o que achou da estréia do BBB? Só eu que reparei que o Pedro Bial suava em bicas???

domingo, 11 de janeiro de 2009

Bolo de cenoura com cobertura de chocolate

Eu sei que havia dito que as receitas seriam mais ligths por um tempo, mas desde a praia estava doida para comer bolo de cenoura. E como bolo de cenoura sem cobertura é muito sem graça... fui obrigada a usar cobertura de chocolate.

Então vamos lá:

1. Descasque e pique 02 cenouras médias (as minhas estavam bem grandinhas), e bata no liquidificador com 02 ovos e 150ml de óleo.

2. Transfira essa mistura para uma tigela, acrescente 01 xícara de açúcar, 1 1/2 xícara de farinha de trigo (peneirada sempre) e uma colher rasa de fermento em pó. Misture bem e leve para uma fôrma untada (Lembra do esquema? Para untar use uma camada generosa de manteiga e farinha).

3. Leve para assar em forno médio - pré-aquecido - até ficar douradinho. Vale a velha e boa prova do palito.

A cobertura é muito simples: Leve ao fogo uma caixa de creme de leite, 1/2 caixa de leite condensado (use uma inteira se preferir mais doce) 4 colheres de chocolate em pó e uma colher cheia de manteiga. Mexa sem parar até começar a ferver e, com a cobertura ainda quente, cubra o bolo. Eu gosto de colocar a cobertura com o bolo ainda quentinho. E, apesar de achar horroroso, eu sou daquelas que fazem furinhos no bolo para a calda penetrar bem. Mas com bom senso, né? Porque bolo furadão dá a impressão que um tarado chegou antes... então eu gasto um bom tempinho cobrindo bem os furinhos para ficar bonitinho.

Ah, as quantidades acima são apenas de 1/2 receita. Eu achei que deu uma quantidade muito boa de bolo, mas se você quiser mais é só dobrar as quantidades. Dãããã... rs...

E aproveitem porque é muito bom! Beijos e boa semana para todas!!!

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Feliz 2009!


Eba! Estamos de volta para começar mais um ano que, definitivamente, vai ser maravilhoso.

Quero desejar a todos um ótimo 2009, cheio de muita alegria e paz. Que em 2009 a gente possa se abrir verdadeiramente para a vida, aproveitando cada segundo!

Então, a viagem foi uma ótima. Fizemos muitos passeios, descansamos, estivemos na companhia de amigos muito queridos, e de novos amigos, que nos trouxeram muitas alegrias e, claro, comemos e bebemos muito. De forma que nos próximos tempos teremos muitas receitas ligths por aqui.

Ontem foi dia de retirar a decoração de Natal - o que me deixou muito triste e me fez pensar que nesse ano vou montar a decoração em novembro. rs...

E para esquentar o fogão para 2009, começamos bem com uma receitinha de "Pão de abobrinha com nozes".

Digamos que eu fiquei inspirada quando li que esse era o lanche que as filhas do Barak Obama levaram para o seu primeiro dia de aula. rs...

Enfim, vamos ao que interessa:

1. Esfarele 01 tablete (15g) de fermento biológico em uma tigela, junte 01 colher de sopa de açúcar e misture até ficar líquido. Acrescente meia xícara de chá de água morna e meixa xícara de chá de farinha de trigo (peneirada sempre!). Misture, cubra e deixe crescer por 15 minutos.

2. Adicione 02 ovos, 05 colheres de sopa de azeite, uma abobrinha média ralada no ralo grosso, meia xícara de chá de farinha de rosca e misture. Acrescente um cubo de caldo de legumes triturado.

3. Aos poucos, adicione 02 xícaras de chá de farinha de trigo e uma xícara de chá de nozes trituradas até ficar homogêneo. Coloque a massa em uma fôrma untada (beeem untada com uma camada generosa de margarina e farinha). Cubra e deixe crescer por 01 hora.

4.Preaqueça o forno em temperatura média. Leve o pão para assar por 30 minutos, ou até dourar. Retire do forno e espere esfriar para servir.

Seguinte, com medo de sobrar, fiz metade da receita, mas mantive a mesma quantidade de abobrinha e nozes. O resultado foi um pão delícioso, que desapareceu, não sobrando nem um farelinho para contar história.

Minha dica é usar um timer para marcar o tempo. Assim, você pode relaxar, já que o alarme vai te avisar a hora de agir.

Espero que vocês gostem da dica. Agora preciso ir, pois vai começar o Coronel e o Lobisomem. Bjs!!!